Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


biometria:parsival:publico

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
Próxima revisão
Revisão anterior
biometria:parsival:publico [2010/02/10 11:50]
parsival
biometria:parsival:publico [2014/07/28 08:45]
jlpolize [Contato]
Linha 18: Linha 18:
 | [[biometria:parsival:publico:oco-do-toco|{{biometria:parsival:figuras:oco-do-toco2.jpg?300|Árvore da Vida}}]] |   | [[biometria:parsival:publico:oco-do-toco|{{biometria:parsival:figuras:oco-do-toco2.jpg?300|Árvore da Vida}}]] |  
  
 +\\
  
  
Linha 26: Linha 26:
 ====== Atividades Profissionais ====== ====== Atividades Profissionais ======
  
-[[biometria:publico:start|{{biometria:parsival:figuras:nice-tree-of-life.jpg?50|LaBE}}]]  **[[biometria:publico:start| LaBE: Laboratório de Biometria Ecológica.]]**+[[biometria:publico:start|{{biometria:parsival:figuras:nice-tree-of-life.jpg?50|LaBE}}]]  **[[biometria:publico:start| LaBMen Florestal: Laboratório de Biometria e Mensuração Florestal.]]**
  
-Utilizamos a expressão **//Biometria Ecológica//** para englobar as seguintes áreas de trabalho: 
-  * Biometria Florestal,  
-  * Ecologia Quantitativa e  
-  * Mensuração Florestal. 
  
  
Linha 53: Linha 49:
       * Técnicas de comparação de modelos biométricos específicos para Ciências Florestais e Ecologia.       * Técnicas de comparação de modelos biométricos específicos para Ciências Florestais e Ecologia.
       * Uso e interpretação de modelos não lineares e geoestatísticos nos problemas em Ciências Florestais e Ecologia.       * Uso e interpretação de modelos não lineares e geoestatísticos nos problemas em Ciências Florestais e Ecologia.
- 
- 
- 
- 
- 
-===== Ecologia Quantitativa ===== 
- 
- 
-Os métodos quantitativos vêm se impondo como um dos fundamentos do desenvolvimento da teoria ecológica. Nessa linha de pesquisa, o foco é o estudo da estrutura e dinâmica de ecossistemas florestais buscando transformar a abordagem descritiva numa abordagem de modelagem quantitativa.  Projetos: 
-      * "//Desconstrução//" da fitossociologia como técnica quantitativa de estudo e descrição de florestas tropicais. 
-      * Uso de índices de distinção e diversidade taxonômica como forma de descrição da "estrutura da diversidade biológica" em florestas tropicais. 
       * Modelagem quantitativa em ecologia de comunidades arbóreas em florestas tropicais.       * Modelagem quantitativa em ecologia de comunidades arbóreas em florestas tropicais.
  
Linha 71: Linha 56:
  
  
-Do ponto de vista da pesquisa, a Mensuração Florestal é um conjunto de métodos para geração de dados visando os processos de estudo ecológico e de gerenciamento de recursos florestais.  A aplicação de //modelos empíricos// é parte essencial do processo de mensuração, de forma que essa linha está intimamente ligada à linha de Biometria Florestal.  Nessa linha, entretanto, o enfoque recai sobre o processo de geração de dados e suas influências sobre a construção e aplicação de modelos preditivos, principalmente os modelos dendrométricos dasométricos.  Alguns projetos são:+Do ponto de vista da pesquisa, a Mensuração Florestal é um conjunto de métodos para geração de dados visando os processos de estudo ecológico e de gerenciamento de recursos florestais.  A aplicação de //modelos empíricos// é parte essencial do processo de mensuração, de forma que essa linha está intimamente ligada à linha de Biometria Florestal.  Nessa linha, entretanto, o enfoque recai sobre o processo de geração de dados e suas influências sobre a construção e aplicação de modelos preditivosmodelos arborimétricos, arbustimétricos silvimétricos.  Alguns projetos são:
       * Construção de equações de biomassa: uma abordagem baseada em modelos preditivos para o caso de espécies nativas.       * Construção de equações de biomassa: uma abordagem baseada em modelos preditivos para o caso de espécies nativas.
       * Influência dos métodos de amostragem sobre a modelagem quantitativa da diversidade de espécies arbóreas em florestas tropicais.       * Influência dos métodos de amostragem sobre a modelagem quantitativa da diversidade de espécies arbóreas em florestas tropicais.
       * Métodos não destrutivos de mensuração de árvores individuais.       * Métodos não destrutivos de mensuração de árvores individuais.
-      * Métodos adaptativos na construção de modelos dendrométricos.+      * Métodos adaptativos na construção de modelos arborimétricos.
  
  
Linha 81: Linha 66:
 ====== Produção Intelectual ====== ====== Produção Intelectual ======
  
 +  * [[.:artigos-cientificos:prod-biblio| Produção Bibliográfica]]
  
   * [[.:artigos-cientificos:lista| Artigos Científicos (somente os de distribuição livre)]]   * [[.:artigos-cientificos:lista| Artigos Científicos (somente os de distribuição livre)]]
Linha 96: Linha 81:
  
  
-  * LCF0130 - Solução de Problemas Florestais: [[http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=lcf0130&nomdis=|Página oficial no USP-Júpiter Sistema de Graduação]]+[[http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=lcf0130&nomdis=|LCF0130 Solução de Problemas Florestais]] 
 +         * //Instrutores:// Prof. Dr. Demóstenes Ferreira da Silva Filho, Prof. Dr. João Luís F. Batista. 
 +\\ 
 +[[http://cmq.esalq.usp.br/LCF0410/doku.php|LCF0410 - Mensuração Florestal]]
  
-  * LCF0410 - Mensuração Florestal: [[http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=lcf0410&nomdis=|Página oficial no USP-Júpiter Sistema de Graduação]] 
- 
-  * LCF-618 - Ecologia Quantitativa: [[http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=LCF0618&verdis=1|Página oficial no USP-Júpiter Sistema de Graduação]] 
  
  
Linha 106: Linha 91:
  
  
-  LCF5877 - Biometria Ecológica à Luz do Paradigma da Verossimilhança: [[http://pos.usp.br:8086/di/fexDisciplina?sgldis=LCF5877|Página oficial no USP-Janus Sistema de Pós-Graduação]] +**[[http://pos.usp.br:8086/di/fexDisciplina?sgldis=LCF5877|LCF5877 Biometria Ecológica à Luz do Paradigma da Verossimilhança]]** 
-         **Objetivos:** Desenvolver a capacidade de construção de modelos de Biometria Ecológica segundo o Paradigma da Verossimilhança, entendendo os conceitos e príncipios que fundamentam essa abordagem e sabendo implementar a construção de modelos no ambiente computacional R.  +         //Objetivos:// Desenvolver a capacidade de construção de modelos de Biometria Ecológica segundo o Paradigma da Verossimilhança, entendendo os conceitos e príncipios que fundamentam essa abordagem e sabendo implementar a construção de modelos no ambiente computacional R.  
-         **Oferecimento:** 13 a 26/10/2010. +         //Oferecimento Previsto:// 13 a 26/10/2010.
- +
-  * LCF5876 - Computação no Ambiente R: Aplicações em Ecologia e Recursos Florestais: [[http://pos.usp.br:8086/di/fexDisciplina?sgldis=LCF5876|Página oficial no USP-Janus Sistema de Pós-Graduação]] +
-         * **Objetivos:** Desenvolver proficiência em computação no ambiente R para a implementação de métodos quantitativos na pesquisa em Ecologia e Recursos Florestais.  +
-         * **Oferecimento:** 09 a 20/agosto/2010. +
  
-  __**LCF575 - Oficina de Educação Superior**__: [[http://pos.usp.br:8086/di/fexDisciplina?sgldis=LCF5875|Página oficial no USP-Janus Sistema de Pós-Graduação]] +\\ 
-        * //Objetivos:// +**[[http://pos.usp.br:8086/di/fexDisciplina?sgldis=LCF5876|LCF5876 Computação no Ambiente R: Aplicações em Ecologia e Recursos Florestais]]** 
-                   - Estimular e apoiar os participantes a desenvolverem conhecimentos no campo da educação e sobre o papel e possibilidades das IES (Instituições de Ensino Superior);  +         * //Objetivos:// Desenvolver proficiência em computação no ambiente R para a implementação de métodos quantitativos na pesquisa em Ecologia e Recursos Florestais.  
-                   - Proporcionar vivências, reflexões e análises sobre práticas docentes universitárias em distintas áreas de conhecimento;  +         * //Oferecimento Previsto:// 09 a 20/agosto/2010. 
-                   - Contribuir para os participantes elaborarem propostas de cursos que possam ser realizados em sua vida profissional.  +
-         * //Instrutores:// Prof. Dr. Marcos Sorrentino, Profa. Dra. Teresa Magro, Prof. Dr. João Luís F. Batista+
-         * //Oferecimento:// às sextas-feiras de 09/abril 07/maio/2010.+
  
  
Linha 135: Linha 113:
 13400-970, Piracicaba - SP          \\ 13400-970, Piracicaba - SP          \\
 fone: (19) 2105-8641                \\ \\ fone: (19) 2105-8641                \\ \\
-email: parsival ARROBA usp PONTO br \\+email: batista.jlf ARROBA usp PONTO br \\
  
  
  
biometria/parsival/publico.txt · Última modificação: 2015/08/10 20:48 (edição externa)