Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


biometria:parsival:publico

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
Próxima revisão
Revisão anterior
biometria:parsival:publico [2014/03/04 10:24]
joaoluis [Disciplinas de Pós-Graduação]
biometria:parsival:publico [2015/08/10 20:48] (atual)
Linha 26: Linha 26:
 ====== Atividades Profissionais ====== ====== Atividades Profissionais ======
  
-[[biometria:publico:start|{{biometria:parsival:figuras:nice-tree-of-life.jpg?50|LaBE}}]]  **[[biometria:publico:start| LaBE: Laboratório de Biometria Ecológica.]]**+[[biometria:publico:start|{{biometria:parsival:figuras:nice-tree-of-life.jpg?50|LaBE}}]]  **[[biometria:publico:start| LaBMen Florestal: Laboratório de Biometria e Mensuração Florestal.]]**
  
-Utilizamos a expressão **//Biometria Ecológica//** para englobar as seguintes áreas de trabalho: 
-  * Biometria Florestal,  
-  * Ecologia Quantitativa e  
-  * Mensuração Florestal. 
  
  
Linha 53: Linha 49:
       * Técnicas de comparação de modelos biométricos específicos para Ciências Florestais e Ecologia.       * Técnicas de comparação de modelos biométricos específicos para Ciências Florestais e Ecologia.
       * Uso e interpretação de modelos não lineares e geoestatísticos nos problemas em Ciências Florestais e Ecologia.       * Uso e interpretação de modelos não lineares e geoestatísticos nos problemas em Ciências Florestais e Ecologia.
- 
- 
- 
- 
- 
-===== Ecologia Quantitativa ===== 
- 
- 
-Os métodos quantitativos vêm se impondo como um dos fundamentos do desenvolvimento da teoria ecológica. Nessa linha de pesquisa, o foco é o estudo da estrutura e dinâmica de ecossistemas florestais buscando transformar a abordagem descritiva numa abordagem de modelagem quantitativa.  Projetos: 
-      * "//Desconstrução//" da fitossociologia como técnica quantitativa de estudo e descrição de florestas tropicais. 
-      * Uso de índices de distinção e diversidade taxonômica como forma de descrição da "estrutura da diversidade biológica" em florestas tropicais. 
       * Modelagem quantitativa em ecologia de comunidades arbóreas em florestas tropicais.       * Modelagem quantitativa em ecologia de comunidades arbóreas em florestas tropicais.
  
Linha 71: Linha 56:
  
  
-Do ponto de vista da pesquisa, a Mensuração Florestal é um conjunto de métodos para geração de dados visando os processos de estudo ecológico e de gerenciamento de recursos florestais.  A aplicação de //modelos empíricos// é parte essencial do processo de mensuração, de forma que essa linha está intimamente ligada à linha de Biometria Florestal.  Nessa linha, entretanto, o enfoque recai sobre o processo de geração de dados e suas influências sobre a construção e aplicação de modelos preditivos, principalmente os modelos dendrométricos dasométricos.  Alguns projetos são:+Do ponto de vista da pesquisa, a Mensuração Florestal é um conjunto de métodos para geração de dados visando os processos de estudo ecológico e de gerenciamento de recursos florestais.  A aplicação de //modelos empíricos// é parte essencial do processo de mensuração, de forma que essa linha está intimamente ligada à linha de Biometria Florestal.  Nessa linha, entretanto, o enfoque recai sobre o processo de geração de dados e suas influências sobre a construção e aplicação de modelos preditivosmodelos arborimétricos, arbustimétricos silvimétricos.  Alguns projetos são:
       * Construção de equações de biomassa: uma abordagem baseada em modelos preditivos para o caso de espécies nativas.       * Construção de equações de biomassa: uma abordagem baseada em modelos preditivos para o caso de espécies nativas.
       * Influência dos métodos de amostragem sobre a modelagem quantitativa da diversidade de espécies arbóreas em florestas tropicais.       * Influência dos métodos de amostragem sobre a modelagem quantitativa da diversidade de espécies arbóreas em florestas tropicais.
       * Métodos não destrutivos de mensuração de árvores individuais.       * Métodos não destrutivos de mensuração de árvores individuais.
-      * Métodos adaptativos na construção de modelos dendrométricos.+      * Métodos adaptativos na construção de modelos arborimétricos.
  
  
Linha 99: Linha 84:
          * //Instrutores:// Prof. Dr. Demóstenes Ferreira da Silva Filho, Prof. Dr. João Luís F. Batista.          * //Instrutores:// Prof. Dr. Demóstenes Ferreira da Silva Filho, Prof. Dr. João Luís F. Batista.
 \\ \\
-[[http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=lcf0410&nomdis=|LCF0410 - Mensuração Florestal]]+[[http://cmq.esalq.usp.br/LCF0410/doku.php|LCF0410 - Mensuração Florestal]]
  
-[[http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=LCF0618&verdis=1|LCF-618 - Ecologia Quantitativa]] 
  
  
Linha 129: Linha 113:
 13400-970, Piracicaba - SP          \\ 13400-970, Piracicaba - SP          \\
 fone: (19) 2105-8641                \\ \\ fone: (19) 2105-8641                \\ \\
-email: parsival ARROBA usp PONTO br \\+email: batista.jlf ARROBA usp PONTO br \\
  
  
  
biometria/parsival/publico.1393939490.txt.gz · Última modificação: 2015/08/10 20:48 (edição externa)