Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


Barra lateral

CMQ
Centro de Métodos Quantitativos


USP ESALQ
Depto. de Ciências Florestais
ESALQ
UNIVERSIDADE de SÃO PAULO
Av. Pádua Dias, 11
Caixa Postal 09
13418-900 - Piracicaba - SP
BRASIL
publico:metrvm:glossarivm:i
glossarivm-logo.jpg Apresentação
A B C D E
F G H I J
K L M N O
P Q R S T
U V W X Y Z
Referências

i.jpg

ICA

Tipo de Verbete: sinônimo.

Definição: Ver incremento corrente anual

Idade

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: A idade de uma árvore é definida como o tempo transcorrido desde a germinação da semente ou da brotação do tronco ou raiz. Quando a determinação é realizada por meio de amostra do lenho tirado com um trado, a idade é definida como a idade à altura do peito pois esse é o ponto de coleta da amostra, ignorando-se o tempo transcorrido até que o primeiro anel de crescimento fosse formado a 1,3m. A idade da floresta é definida como média das árvores, mas essa definição só tem sentido para florestas equiâneas ou coetâneas, isto é florestas com árvores de mesma idade. Uma floresta é definida como equiâneas quando a variação na idade das árvores for no máximo 30% do tempo de rotação da floresta. Florestas onde a variação da idade das árvores ultrapassa esse limite são chamadas de inequiâneas ou dissetâneas.

Unidade: $ ano $.

Notação:

  • árvores individuais: $ t $;
  • povoamentos e florestas: $ T $.

Leitura: Avery e Burkhart, 1983.

Idade base

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Idade de referência para definir o índice de sítio de um povoamento florestal.

Ver também: indice de sítio

Unidade: $ ano $.

Notação: $ T_B $.

Idade índice

Tipo de Verbete: sinônimo.

Definição: Ver idade base

IMA

Tipo de Verbete: sinônimo.

Definição: Ver incremento médio anual.

Incremento

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Crescimento de árvores e florestas medido em intervalo regulares de tempo. Em florestas plantadas, onde a idade é conhecida, utiliza-se geralmente o ano como intervalo de tempo e os incrementos são chamados de anuais. Em florestas nativas, manejadas sob sistema seletivo, não há uma clara definição da idade dos povoamentos florestais, portanto, a medição do crescimento se faz em referência a uma dada intervenção silvicultural no povoamento, em geral a colheita seletiva. O incremento é então chamado de periódico, isto é, medido no período desde a última intervenção.

Ver também: incremento corrente anual, incremento médio anual e incremento periódico.

Unidade: A mesma unidade da medida da qual se toma o incremento, acrescida do inverso de uma unidade de tempo. Por exemplo, para incrementos na produção podemos ter $ m^3~ha^{-1}~ano^{-1} $ ou $ st~ha^{-1}~ano^{-1} $; para diâmetro geralmente é $ cm~ano^{-1} $.

Notação: designado pela letra grega $ \Delta $ associada à medidade produção, exemplo:

  • $ \Delta~V $ - incremento em volume,
  • $ \Delta~G $ - incremento em área basal.

Leitura: Husch et al., 1982; Avery e Burkhart, 1983.

Incremento corrente anual

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Incremento medido a cada ano de crescimento da floresta. Quando não se especifica uma idade, refere-se ao último ano de crescimento. Mede o ritmo de crescimento da árvore ou da floresta ano-a-ano.

Ver também: incremento

Unidade: ver incremento

Notação: ver incremento

Incremento médio anual

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Média dos incremento anuais medidos durante o crescimento da árvore ou povoamento florestal. É diretamente obtido pelo tamanho da árvore ou do povoamento florestal dividido pela sua idade em anos. Mede o crescimento médio da árvore ou da floresta até uma determinada idade, em geral a idade atual. Sigla: IMA.

Ver também: incremento.

Unidade: ver incremento.

Notação: Símbolo de incremento acrescido de uma barra horizontal superior:

  • $ \overline{\Delta}~V $ - incremento médio em volume,
  • $ \overline{\Delta}~G $ - incremento médio em área basal.

Incremento periódico

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Incremento relativo a árvores e florestas cuja idade não pode ser especificada, geralmente florestas nativas manejadas sob sistema seletivo. A medição do crescimento se faz em referência uma dada intervensão silvicultural no povoamente, em geral a colheita seletiva. O incremento periódico se refere, portanto, ao incremento medido no período desde a última intervenção, podendo ser definido como: Incremento Periódico Anual: incremento em cada ano desde a última intervensão silvicultural de referência; (2) Incremento Periódico Médio: média dos incrementos anuais desde a última intervenção.

Ver também: incremento

Unidade: ver incremento.

Notação: ver incremento.

Índice de Sítio

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Descrição quantitativa do sítio de um povoamento florestal, geralmente referida como a altura média das árvores dominantes numa idade de referência (idade índice ou idade base). A definição do índice de sítio é geralmente realizada a partir das curvas de índice de sítio, ou seja de um conjunto de curvas do crescimento da altura média das dominantes em função da idade, onde cada curva representa o crescimento esperado num dado sítio.

Ver também: Sítio; Altura Média das Árvores Dominantes; Idade Base.

Unidade: $ m $.

Notação: $ S_h $.

Leitura: Clutter et al., 1983.

Índice de valor de cobertura

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Índice usado em estudos fitossociológicos formado pela soma dos valores relativos de densidade e dominância. Pode ser calculado para qualquer grupo taxonômico.

Unidade: grandeza adimensional que é expressa numa escala de 0 a 200.

Leitura: Martins, 1993.

Índice de valor de importância

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Índice usado em estudos fitossociológicos formado pela soma dos valores relativos de densidade, dominância e frequência. É geralmente utilizado para ordenar as espécies de um levantamento. Pode ser calculado para qualquer grupo taxonômico.

Unidade: grandeza adimensional que é expressa numa escala de 0 a 300.

Leitura: Martins, 1993.

Inequiânea

Tipo de Verbete: sinônimo.

Definição: Ver idade.

Ingresso

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Refere-se às árvores que ingressaram na amostra no período entre duas medições de uma parcela permanente. Todo levantamento florestal define um DAP mínimo a partir do qual se mede as árvores, geralmente 5 ou 10cm, e as árvores com DAP menor que o mínimo são ignoradas. Numa parcela permanente, medida várias vezes, pode acontecer que algumas árvores que tinham DAP abaixo do mínimo numa dada medição apareçam com DAP acima do mínimo na medição subsequente. Essas árvores constituem o ingresso, o qual pode ser definido tanto em termos do número de árvores que ingressaram, quanto em termos da área basal, volume, biomassa, etc.

Unidade:

  • ingresso em termos de densidade: $ ha^{-1}~ano^{-1} $;
  • ingresso em termos de área basal: $ m^2~ha^{-1}~ano^{-1} $;
  • ingresso em termos de volume: $ m^3~ha^{-1}~ano^{-1} $.

Notação:

  • $ I $ - ingresso em termos de densidade;
  • $ I_G $ - ingresso em termos de área basal;
  • $ I_V $ - ingresso em termos de volume.

Leitura: Shiver e Borders, 1996.

Intensidade de amostragem

Tipo de Verbete: grandeza.

Definição: Razão entre o número de unidades da amostra e o número total de unidades na população, que também pode ser expressa pela razão entre a área amostrada e a área total da população.

Unidade: grandeza adimensional.

Notação: $ F_s $.

Leitura: Shiver e Borders, 1996.

IVC

Tipo de Verbete: sinônimo.

Definição: ver índice de valor de cobertura

IVI

Tipo de Verbete: sinônimo.

Definição: Ver índice de valor de importância.



glossarivm-logo.jpg

Apresentação A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z Referências
publico/metrvm/glossarivm/i.txt · Última modificação: 2015/08/10 20:48 (edição externa)